Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.
Covilhã VS Benfica

Previsão
Covilhã e Benfica enfrentam‑se no Estádio Municipal José dos Santos Pinto, num jogo para esta fase da Taça da Liga (Fase de grupos). Não há registo de confrontos diretos entre estas duas equipas nos últimos 3 anos. O último confronto foi disputado a 18‑10‑2014 e terminou com o resultado: Covilhã (2‑3) Benfica. Neste encontro o fator casa poderá ter um papel importante, já que o Benfica apresenta diferenças significativas nos resultados conquistados em casa e como visitante.

Análise do Covilhã

A equipa da casa chega a esta 2ª jornada do Grupo B depois de um empate na sua estreia nesta fase de grupos, contra o Vitória de Setúbal, por (1‑1). Esta é uma equipa que mantém o rendimento quando joga fora do seu estádio, pois nos últimos 30 jogos regista 7 vitórias, 5 empates e 3 derrotas como visitante; contra 7 vitórias, 6 empates e 2 derrotas no seu estádio. A equipa chega a este encontro depois de uma derrota em casa com o Feirense por (1‑2). Nos últimos 10 jogos disputados em casa para todas as competições, o Covilhã ganhou 5, empatou 2 e perdeu 3. A equipa permitiu golos ao adversário em 8 dos últimos 10 jogos, pelo que a sua defesa necessita de melhorar, mas o seu ataque tem marcado regularmente, já que conseguiu concretizar em 8 dos últimos 10 jogos. Nos últimos 9 jogos em casa para todas as competições há 2 períodos que se destacam: marcou 3 dos seus 8 golos entre os minutos (61'‑75') e 3 dos seus 8 entre (76'‑90').

O Covilhã entra neste encontro desmotivado depois de um desaire caseiro, por 1-2, na receção ao Feirense. O emblema caseiro costuma atuar num tradicional 4-4-2, privilegiando as transições rápidas, onde as duas setas apontadas à baliza adversária são Kukula e Castanheira. De salientar que, na zona mais central do terreno deverão atuar Bonani, Estevam, Miranda e Gilberto, sendo que o último é respondável por conduzir as investidas ofensivas da sua equipa. O treinador caseiro deverá ter todo o plantel à sua disposição.

Onze titular confirmado: Bruno Bolas, Jaime, Brendon, Joel, K. Zarabi, Mica Silva, Gilberto, Adriano Castanheira, Jean Batista, A. Daffé, Bonani.
Treinador: Ricardo Soares.

Análise do Benfica

A equipa visitante disputa o seu segundo jogo do Grupo B, depois de ter empatado por (0‑0) no seu primeiro jogo nesta fase de grupos, contra o Guimarães. Esta é uma equipa que curiosamente tem sido mais forte fora do que em casa, pois nos últimos 30 jogos regista 12 vitórias, 1 empate e 2 derrotas como visitante; contra 11 vitórias, 1 empate e 3 derrotas no seu estádio. A equipa chega a este encontro depois de uma vitória em casa com o Marítimo por (4‑0). Nos últimos 10 jogos disputados fora para todas as competições, o Benfica ganhou 7, empatou 1 e perdeu 2. O seu ataque tem marcado com regularidade, já que marcou pelo menos um golo em cada um dos últimos 10 jogos. Há 2 períodos em destaque nos últimos 6 encontros disputados como visitante para todas as competições: marcou 3 dos seus 8 golos entre os minutos (76'‑90'); sofreu 3 dos seus 7 golos entre os minutos (76'‑90').

O Benfica entra nesta atuação motivado depois de um triunfo caseiro, por 4-0, na receção ao Marítimo: Pizzi, Carlos Vinícius e Douglas Grolli (autogolo) autografaram os “tentos” da vitória. A comitiva forasteira, nestes encontros para as Taças, costuma atuar num 4-3-3, onde os três intervenientes que têm como missão lançar o pânico na defensiva adversária serão Chiquinho, João Filipe e Raúl de Tomás. Adivinha-se que na zona mais central do terreno atuem Pizzi, Samaris e Gabriel. Espera-se que o Benfica adote uma postura algo ofensiva, tendo em conta a sua superioridade relativamente ao “inimigo”. O treinador Bruno Lage não vai poder contar com Rafa Silva e Seferovic por se encontrarem lesionados.

Onze titular confirmado: I. Zlobin, Rúben Dias, Nuno Tavares, Tomas Tavares, Jardel, A. Živković, Gedson Fernandes, A. Samaris, Florentino Luís, João Filipe, Raúl de Tomás.
Treinador: Bruno Lage.

Sugestão de Aposta:

O cenário mais provável para este desafio será o Benfica estar a vencer ao intervalo. É certo que o clube visitante atua fora do seu terreno, no entanto, é detentor de um plantel com mais qualidade, relativamente ao seu “inimigo”. De salientar que o Benfica estava a vencer no tempo de descanso nas últimas duas atuações realizadas.
NOTA: Valores estatísticos limitados aos jogos da nossa base de dados.

Mercados
Match Odds 68 Faz a tua Aposta
Benfica 97%
Covilha 0%
The Draw 3%
Over/Under 2.5 goals 20 Faz a tua Aposta
Under 2.5 Goals 0%
Over 2.5 Goals 100%
Half Time 25 Faz a tua Aposta
Covilha 2%
Benfica 78%
The Draw 20%
First Half Goals 10 Faz a tua Aposta
Over 0.5 Goals 100%
Under 0.5 Goals 0%
Over/Under 1.5 Goals 14 Faz a tua Aposta
Under 1.5 Goals 0%
Over 1.5 Goals 100%
Over/Under 3.5 Goals 1 Faz a tua Aposta
Under 3.5 Goals 0%
Over 3.5 Goals 100%
Over/Under 0.5 Goals 6 Faz a tua Aposta
Under 0.5 Goals 0%
Over 0.5 Goals 100%
Over/Under 5.5 Goals 1 Faz a tua Aposta
Over 5.5 Goals 0%
Under 5.5 Goals 100%
Both teams to Score? 11 Faz a tua Aposta
No 36%
Yes 64%
Half With Most Goals 3 Faz a tua Aposta
2nd Half 100%
Tie 0%
1st Half 0%
Second Half 0%
First Half Goals 1.5 8 Faz a tua Aposta
Over 1.5 Goals 63%
Under 1.5 Goals 38%
Nota: Nos gráficos, as Tips Lay foram convertidas em Back nas restantes selecções desse mercado.

Tips
Nota: Listagem de Tips feitas apenas nos concursos disponíveis na Academia das Apostas Angola.
 

Taça da Liga - 2019/2020

  • 81% 34 / 42 Jogos

  • Vitórias equipa Casa 47.06%
  • Empates 14.71%
  • Vitórias equipa Fora 38.24%
  • Mais de 1,5 64.71%
  • Mais de 2,5 32.35%
  • Mais de 3,5 11.76%
  • Golos 71
  • Golos /jogo 2.09
  • Golos /jogo casa 1.03
  • Golos /jogo fora 1.06
  • Ambas equipas marcam 47.06%
  • Golos depois 80' 18.31%
Ver tudo

Zapping

Ainda sem Programação TV disponível para US (alterar)

Procurar Tips